HISTÓRIA

Tem-se como data de fundação o mês de realização do Primeiro Congresso Nacional de Diretores, conforme segue: de 9 a 16 de setembro de 1944, realizou-se no Rio de Janeiro (Instituto La-Fayette) o “Primeiro Congresso Nacional dos Diretores de Estabelecimentos de Ensino Secundário e Comercial”. La-Fayette Cortes foi o Presidente da Comissão Executiva.

 

Dentre os objetivos desse Congresso constaram: 

- demonstrar as vantagens da sindicalização das pessoas físicas ou jurídicas, responsáveis pelos estabelecimentos de ensino; 

- pleitear, junto ao Poder Público, o estabelecimento das normas, aque se referem os artigos 128 e129 da Constituição de 1937, cujo texto dizia:

Art. 128 - A arte, a ciência e o ensino são livres à iniciativa individual e a de associações ou pessoas coletivas públicas e particulares. É dever do Estado contribuir, direta e indiretamente, para o estímulo e desenvolvimento de umas e de outro, favorecendo ou fundando instituições artísticas, científicas e de ensino.

Art. 129 - A infância e à juventude, a que faltarem os recursos necessários à educação em instituições particulares, é dever da Nação, dos Estados e dos Municípios assegurar, pela fundação de instituições públicas de ensino em todos os seus graus, a possibilidade de receber uma educação adequada às suas faculdades, aptidões e tendências vocacionais. 

 

O ensino pré-vocacional profissional destinado às classes menos favorecidas é em matéria de educação o primeiro dever de Estado. Cumpre-lhe dar execução a esse dever, fundando institutos de ensino profissional e subsidiando os de iniciativa dos Estados, dos Municípios e dos indivíduos ou associações particulares e profissionais.

 

É dever das indústrias e dos sindicatos econômicos criar, na esfera da sua especialidade, escolas de aprendizes, destinadas aos filhos de seus operários ou de seus associados. A lei regulará o cumprimento desse dever e os poderes que caberão ao Estado, sobre essas escolas, bem como os auxílios, facilidades e subsídios a lhes serem concedidos pelo Poder Público. 

 

Desse Congresso participaram diretores de escolas e representantes dos Sindicatos então existentes nos Estados do Rio, Ceará e São Paulo. 

 

O Sindicato do Rio (criado em 2-7-1944) se chamava Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Secundário e Primário do Rio de Janeiro, com Delegacias/representação nos Estados do Pará, Maranhão, Rio Grande do Norte, Alagoas, Pernambuco, Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul.

 

Ainda do Rio de Janeiro consta a participação da Associação Profissional dos Estabelecimentos de Ensino Comercial do Rio de Janeiro.

 

Desse Congresso nasceu a idéia da Federação, registrada e reconhecida pelo Ministério do Trabalho em 1948. Dita Federação transformou-se, em 1990, na CONFENEN.  

GALERIA DE PRESIDENTES DA CONFENEN

Prof. Plínio Leite

Prof. Sylvio Marcondes

Prof. Álvaro Mandarino

Prof. Oswaldo Quirino Simões

Prof. Antônio de Lara Resende

Prof. Carlos Thompson Flores Netto

Prof. João Paulo Juruena Mattos

Prof. José Gomes Santiago

Prof. Mário de Magalhães Porto

Prof. Taciel Cyleno

Prof. Carlos Alberto Werneck

Prof. Roberto Geraldo de Paiva Dornas

 

SCS, Quadra 02, Bloco B, Ed. Palácio do Comércio, salas 1305, 1307/11  

CEP 70.318-900 Brasília - DF

Tel:  (61) 3226-8166 / 3226-4873 / confenen@confenen.org.br

Copyright © 2015, CONFENEN - Confederação Nacional dos Estabelecimentos de Ensino