A CONFENEN COMEMORA 75 ANOS NO SENADO FEDERAL

Em setembro de 2019 a Confederação Nacional dos Estabelecimentos de Ensino estará completando 75 anos de existência e o Senado Federal reservou a manhã do dia 12 para uma sessão especial, por requerimento encabeçado pelo Senador Marcelo Castro (MDB/PI) e subscrito pela Senadora Zenaide Maia (PROS/RN) e os Senadores Eduardo Girão (PODE/CE), Elmano Férrer (PODE/PI), José Maranhão (MDB/PB) e Styvenson Valentim (PODE/RN)

 

No requerimento 499/2019 o Senador registrou a origem da história da entidade, eis que “a fundação  da Confenen coincidiu com a realização do "Primeiro Congresso Nacional dos Diretores de Estabelecimentos de Ensino Secundário e Comercial", promovido pelo Instituto La-Fayette entre 9 e 16 de setembro de 1944, no Rio de Janeiro.

 

Desde então, a Confederação vem atuando na defesa da liberdade de ensinar, de aprender, de cátedra, do respeito às crenças, e do pluralismo educacional, acreditando que a existência de ensino privado ao lado do público é crucial para vencer o déficit educacional do país.


Disse também que “A  Confenen  é  a  entidade máxima  e  única,  em  nível  nacional,  de representação da categoria dos estabelecimentos de ensino privado, congregando cerca de 45 mil instituições de escolas particulares, em todos os seus níveis, inclusive superior. Abaixo dela, ficam as federações e sindicatos, que têm âmbito regional.

Nesse contexto – afirmou – “cumprindo sua missão que vai além da sindical, a Confenen abraça outras bandeiras que incluem a não caracterização  do ensino privado como concessão ou delegação do Poder Público, a não subordinação ou atendimento de governantes de cada época, bem como a crença de que o Estado deve amparar os que não têm condições de optar pela liberdade de aprender”.

 

SCS, Quadra 02, Bloco B, Ed. Palácio do Comércio, salas 1305, 1307/11  

CEP 70.318-900 Brasília - DF

Tel:  (61) 3226-8166 / 3226-4873 / confenen@confenen.org.br

Copyright © 2015, CONFENEN - Confederação Nacional dos Estabelecimentos de Ensino